Notícias Informativos

Política de investimentos para 2019 é aprovada pelos conselheiros do IPREM-POSSE

Objetivo é estabelecer as diretrizes das aplicações dos recursos dos servidores públicos municipais

Política de investimentos para 2019 é aprovada pelos conselheiros do IPREM-POSSE

A diretoria e os conselhos do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores Públicos de Santo Antônio de Posse (IPREM) reuniram-se no dia 27 de setembro para discutir e votar a política de investimentos para o ano de 2019, que irá nortear as decisões do comitê de investimentos e conselhos administrativo e fiscal em adotar estratégias de alocação/realocação dos recursos, no sentido de buscar o equilíbrio econômico-financeiro e atuarial do Instituto para que assim possa seguir honrando os compromissos com seus segurados e beneficiários.

O saldo da carteira do Instituto atualmente é de R$ 47.025.655,68 (setembro/2018), patrimônio este alocado em diferentes modalidades de investimentos que devem, obrigatoriamente, obedecer aos princípios da boa governança, da segurança, rentabilidade, solvência, liquidez e transparência, com adequada relação risco x retorno. O diretor-presidente do Iprem, Ronaldo Carlos de Souza, e o representante da empresa que presta consultoria financeira ao Instituto, André Batistela, apresentaram aos conselheiros as estratégias de alocação de investimentos proposta pelo comitê tendo em vista o cenário econômico e político do país, as projeções pós-eleições e os limites legais impostos pela Resolução CMN nº. 3.922/2010 e suas alterações, que regula os regimes próprios de previdência.

“Nosso grande desafio será buscar retorno em investimentos para atingirmos a meta atuarial. Este ano podemos dizer que dificilmente ela será atingida, tendo em vista a incerteza política do país e o atual cenário econômico. A diversificação da carteira foi feita conforme o atual cenário e a intenção não é ter nenhuma mudança na estratégia de alocação até o cenário melhorar, a não ser como medida de proteção da carteira, alocando e ou/ realocando em índices de renda fixa/títulos públicos (IDkA2/IRF-M1/IMAs) conforme necessário e de forma prudente”, explicou o diretor-presidente do Iprem.

“Dependendo da conjuntura e de outros fatores do mercado, poderemos rever essa política sempre que necessário, desde que consultando previamente o Conselho quando houver a necessidade de ajustes, visando acima de tudo preservar os ativos financeiros dos servidores”, completou.

Atualmente, o IPREM-Posse conta com 181 servidores aposentados e 57 pensionistas inseridos no regime próprio de previdência, além de custear auxílios-doença e auxílios-maternidade do funcionalismo municipal.

– –
Comunicação IPREM-POSSE

Deixe um comentário